Numa semana que se inicia hoje e que poderá ser a última em Estado de Emergência, que termina pelas 24 horas de Sábado, 2 de maio, foi realizada a já habitual conferência de atualização da situação epidemiológica para a COVID-19.

Para a apresentação do boletim estiveram presentes António Lacerda Sales, Secretário de Estado da Saúde e ainda Graça Freitas, Diretora Geral da Saúde. Os números hoje apresentados mostram um decréscimo em relação ao dia de ontem, no que aos casos confirmados diz respeito.

Com um número total de 24027 casos positivos, um acréscimo de 163 casos, representando uma diminuição comparativamente ao dia de ontem. O aumento é de 0,68%, uma diminuição em relação aos 2,02% de ontem.

Em relação ao número de óbitos, estes são agora de 928, um acréscimo de 23, representando um crescimento de 2,77%. A taxa de fatalidade é agora de 3,86%, num ligeiro aumento. Esta taxa é de 13,8% a partir dos 70 anos.

Em relação ao número de casos recuperados, este é agora de 1357, num crescimento de 28 recuperados.

Aguardam resultado laboratorial 5091 pessoas. O número de internados é de agora 995 doentes, numa diminuição de 10 doentes, 176 deles nos cuidados intensivos, uma diminuição de 6 pessoas em relação ao dia de ontem.

Em caso de apresentar sintomas coincidentes com os do vírus (febre, tosse, dificuldade respiratória), as autoridades de saúde pedem que não se desloque às urgências. Ligue para a Linha SNS 24 (808 24 24 24).

Categorias: Notícias